sábado, 11 de julho de 2020

Bolo de Morango com Chantilly de Mascarpone e Suspiro


Das muitas coisas que sinto falta em tempos de pandemia são os meus sábados de manhã durante o verão. É de costume acordar cedo, fazer 30 minutos de yoga, tomar uma xícara de chá, pegar a bicicleta e ir ao Farmers' Market mais perto de casa. Lá é onde eu tomo mais uma xícara de chá, como algum pãozinho fresco e tomo meu café da manhã vendo os cachorrinhos passeando e as crianças brincando na fonte que fica ao lado. De estômago forrado, lá vou eu encontrar os produtores que agora já me conhecem pelo nome e sabem o que eu gosto de comprar toda semana. São pessoas que perguntam da Praliné e do que eu estou planejando cozinhar no fim de semana, que me contam como foi a semana na fazenda e os desafios e conquistas vividas diariamente por quem está plantando aquilo que comemos.  Essa conexão que criamos é uma das melhores partes de visitar a feirinha toda semana...claro que os vegetais e frutas também são excelentes, mas receber esse carinho, atenção  e conversar com eles enchem meu dia de alegria.

E julho é o mês que eu sempre volto da feira com muitos morangos, ou também mês onde eu mesma vou colhe-los nas fazendas ao redor da minha casa. Esse ano infelizmente não pude vivenciar nada disso, mas pelo menos continuo recebendo meus vegetais e frutas em casa desses mesmos produtores que eu encontrava todo sábado. Não conversamos na feira, mas ao deixar minha cesta na frente de casa, eu sempre recebo um sorriso de quem veio fazer a entrega. Isso já me deixa satisfeita!



Bom, mas voltando aos morangos. Essa foi a terceira semana que eu recebi morangos na minha cesta. Dos que sobram (claro, pois o aroma e sabor são irresistíveis e a gente acaba comendo puros), eu sempre estou inventando um ou outro jeito de incluí-los nas sobremesas que faço aos fins de semana. Esse bolo foi um perfeito exemplo disso. Eu tinha uma compota de morangos que foi usada para a sobremesa de sexta-feira, mais alguns morangos na geladeira e um pedido de uma amiga querida para fazer o bolo de mêsversário do seu filhinho. Quer melhor motivo do que fazer um bolo com morangos? Não tem, né?! Pois bem, e para mim morango e creme chantilly é uma combinação dos deuses e em 99.9% dos casos, agrada quem come. Também tinha suspiro que sobrou da mesma sobremesa do dia anterior. E foi assim que saiu esse bolinho.
A receita é super simples de fazer, a massa do bolo é uma receita da Joyce Galvão retirada do maravilhoso A Química dos Bolos. A compota é a mesma receita que usei nessa torta aqui, e o chantilly foi feito meio de olho. É um bolo que agradou quem comeu e deixou com gostinho de quero mais. Com certeza vai aparecer outras vezes por aqui...

Então é isso queridos, por aqui tudo vai bem! Espero que vocês também estejam bem!

Beijos,
Stef



Tempo de preparo: 40 minutos
Tempo de forno do bolo: 25-30 Minutos (eu preparo a massa um dia antes da montagem
Tempo de forno dos suspiros: 2 horas
Rendimento: 1 bolo de 3 camadas (20cm) - Eu fiz meia receita e fiz apenas 2 camadas.

Ingredientes para o suspiro (Você não vai usar tudo nessa receita, mas pode guardar o que sobrou e usar em outra preparação)

80g de claras de ovo
80g de açúcar refinado
80g de açúcar de confeiteiro, peneirado

Ingredientes para a massa do bolo

180g de farinha de trigo
105g de farinha para bolo*
360g de açúcar refinado
20g de fermento em pó
3g de sal
165g de manteiga sem sal, cortada em cubos pequenos
165g de claras de ovo
120ml de leite
120g de iogurte integral
1 colher (sopa) extrato de baunilha

Ingredientes para a compota de morangos

200g de morangos frescos, picados
11g de suco de limão
30g de açúcar (1)
12g de açúcar (2)
3,8g de pectina NH

Ingredientes para o chantilly de mascarpone

400g de creme de leite fresco, 35% de gordura, bem gelado
220g de mascarpone
80g de açúcar de confeiteiro

Morangos frescos 

Modo de preparo

Massa do bolo
  1.  Pré-aqueça o forno a 180ºC. Corte 3 discos de papel manteiga do mesmo diâmetro da forma que você for usar. Forre o fundo da forma com o papel manteiga e reserve. Não é preciso untar a forma.
  2. Separe 1/4 xícara de leite. Reserve.
  3. Em uma tigela, junte as claras, o iogurte, o extrato de baunilha e o restante do leite. Reserve.
  4. Na tigela da batedeira, junte as farinhas, o fermento, o açúcar e o sal. Misture. Acrescente a manteiga em cubos e, com o auxílio da raquete, bata em velocidade média até formar uma areia molhada.
  5. Acrescente 1/4 xícara de leite que você reservou, misture bem e então adicione o restante dos líquidos em três adições, mexendo bem a cada adição. O resultado deve ser uma massa cremosa, e não talhada. 
  6. Transfira a massa para as formas preparadas e asse em forno pré-aquecido por mais ou menos 25-30 minutos, ou até inserir um palito na massa e ele sair limpo. Quando a massa estiver pronta, retire do forno e deixe esfriar por mais ou menos 5 minutos e desenforme sobre uma grade. Após esfriar completamente, embale individualmente cada massa com plástico filme e reserve por 24 horas.
Suspiros
  1. Pré aqueça o forno a 100ºC. Forre o fundo de uma assadeira grande de abas baixas com Silpat ou papel manteiga. Na batedeira, bata as claras em neve até começarem a ficar em picos leves, adicione o açúcar refinado em 3 etapas e bata até formar picos firmes. Retire da batedeira e incorpore o açúcar de confeiteiro delicadamente, tomando cuidado para não perder volume. Transfira para um saco de confeitar e pingue no formato desejado. Eu usei um bico tipo estrela para fazer os suspiros, pois queria usar para decoração também. Leve ao forno pré-aquecido por mais ou menos 2 horas, ou até que fiquem sequinhos. Retire do forno e deixe esfriar completamente.
Compota de Morangos
  1. Leve os morangos ao fogo médio com o suco de limão e o açúcar (1). Deixe cozinhar por mais ou menos uns 4-5 minutos. Misture a pectina com o açúcar (2). Adicione a misture à compota de morangos e retorne ao fogo por mais ou menos 1 minuto, mexendo sempre. Retire do fogo e deixe esfriar completamente. Se preferir você pode bater a compota com o mixer para deixar ela mais lisa. Eu gosto de sentir os pedacinhos de morango, então eu não fiz essa etapa.
Chantilly de Mascarpone
  1. Bata todos os ingredientes na batedeira até obter um creme em ponto de chantilly firme. 
Montagem
  1. Nivele os bolos com uma faca, coloque a primeira massa em um prato de bolo e regue levemente com a calda de sua preferência (eu fiz uma calda simples de açúcar, água e baunilha). Essa massa é bem úmida, então funciona bem sem ser regada com calda.
  2. Espalhe metade e compota de morangos sobre o bolo. Adicione 1/3 do chantilly de mascarpone e nivele com uma espátula. Distribua os suspiros quebrados e morangos em pedaços. Repita o processo para a próxima camada e cubra com o terceiro disco de massa para finalizar. Espalhe um pouco do chantilly nas laterais e utilize uma espátula para alisar (eu gosto do efeito naked nake). Cubra o topo com o restante do chantilly e leve à geladeira até a hora de servir.




domingo, 14 de junho de 2020

Torta de Pistache, Limão e Morangos


O jardim tomou vida nas últimas semanas. Estava branco, coberto de neve no início de maio, e agora, em meados e junho, a cerejeira já floriu e já consigo ver pequenos pontos vermelhos que logo mais serão colhidos no fim de cada galho. As flores da pereira, que me rendeu belos bouquets em meados de maio, agora deram espaço aos pequenos frutos que começam a brotar; sinal que teremos uma farta colheita no fim do verão. Os morangos e framboesas como sempre foram colhidos antecipadamente pelos esquilos e coelhos, ainda não consegui saber o gosto de um morango selvagem recém colhido do jardim, mas não me incomoda, gosto de pensar que é o meu jeito de dar boas-vindas à vida que volta a dar o ar da graça nesse meio-fim de primavera. Como é bom sentir esse sopro de esperança!

Dessa falta de normalidade que vivemos, conseguimos nos concentrar naquilo que nos faz feliz. Ficamos mais próximos um do outro, nos concentramos naquilo que conseguimos controlar e claro, trocamos as tristezas pela certeza que tudo vai passar. As temperaturas amenas ajudam, a jardinagem também, mas o que definitivamente tem dado mais sabor a vida são nossas refeições, em especial as de sexta-feira à noite. Quem me acompanha pelo Instagram sabe que uma das rotinas que adotamos aqui em casa é o "Formal Friday", ou Sexta-Feira Formal. É aquele dia de fazer um jantar muito especial, abrir aquela garrafa de vinho que guardamos para ocasiões especiais, colocar a mesa, acender velas e nos vestir como se fôssemos jantar fora. No início era novidade, e o Amore sempre me perguntava se ele tinha mesmo que se arrumar para jantar em casa, mas agora depois de 13 semanas, é um dos momentos mais esperados pelos dois durante a semana. Eu penso no cardápio meticulosamente, faço um plano de trabalho, dou uma volta no jardim para buscar inspiração para o arranjo de mesa e ele se encarrega da trilha sonora. 
Pode parecer bobo, mas foi o nosso jeito de trazer um pouco de "normalidade" às nossa vida e sem nos dar conta, sentimos aquele mesmo sopro de esperança ao ver a natureza acordando depois de um longo inverno. 

Bom, essa torta, foi servida em um desses jantares. Foi a inauguração de tortas de frutas do ano, foi uma celebração aos belos morangos que recebi em casa de uma das tantas fazendo perto de casa. Foi uma torta deliciosa e que fechou com chave de ouro o nosso jantarzinho especial!

Espero que vocês estejam bem!

Beijos,
Stef





Tempo de preparo: 1 hora
Tempo de forno: 30 Minutos
Tempo de descanso: 1 noite
Rendimento: 1 torta de + ou - 20cm de diâmetro (suficiente para 6 pessoas)

Ingredientes para a massa (Pâté Sucrée)

45g de açúcar de confeiteiro
15g de farinha de amêndoas
125g de farinha de trigo
1 pitada de sal fino
55g de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
28g de ovo (quebre o ovo e bata com um garfo, então pese 28g para a receita)

Ingredientes para a mousse de cream-cheese e limão

4g de gelatina (2 folhas)
50g de açúcar
10g de água
30g de gema de ovo
150g de cream-cheese, em temperatura ambiente
Raspas de 1 limão siciliano
180g de creme de leite fresco, pelo menos 35% de gordura, bem gelado

Ingredientes para o creme de pistache

25g de manteiga, em temperatura ambiente
25g de pasta de pistache
50g de açúcar
25g de farinha de amêndoas
25g de farinha de pistache
1 ovo, em temperatura ambiente

Ingredientes para a compota de morangos

200g de morangos frescos, picados
11g de suco de limão
30g de açúcar (1)
12g de açúcar (2)
3,8g de pectina NH

Morangos frescos para decorar

Modo de preparo

Mousse de Cream-Cheese e Limão
  1. Hidrate de gelatina em água fria. Bata o creme de leite até ponto de chantilly e reserve na geladeira. Em um bowl de vidro ou inox, misture as gemas, o açúcar e a água. Leve ao banho-maria misturando com um fouet, até que o preparo atinja 84ºC. Retire do banho-maio e bata com uma batedeira de mão, até que o preparo fique bem claro e fofo. 
  2. Derreta a gelatina em fogo bem brando e adicione 2 colheres de cream-cheese e misture bem.  Adicione o restante do cream-cheese e bata levemente até ficar homogêneo. Adicione as raspas de limão e incorpore delicadamente o creme de gemas batido. Finalize incorporando delicadamente o creme de leite batido e transfira o preparo para um aro de mais ou menos 18cm de diâmetro. 
  3. Leve ao congelador por uma noite. Como eu queria fazer um mousse baixo sobre a torta, eu só preenchi metade do aro, sobrou um pouco e eu coloquei em um aro menor para uso futuro. 
Massa
  1.  Na batedeira com o auxílio do batedor em formato de folha, bata todos os ingredientes por mais ou menos 1 minuto, com exceção do ovo. Quando estiver levemente incorporado (não bata demais), adicione o ovo e bata até que fique homogêneo. Cuidado para não bater demais, não queremos trabalhar muito o glúten dessa massa. Enrole a massa em filme plástico e leve ao refrigerador por pelo menos 2 horas, idealmente 1 noite. 
  2. Depois do tempo de descanso, pré aqueça o forno a 160ºC. Retire a massa da geladeira e forre o fundo e as laterais de uma forma de abas baixas de mais ou menos 20cm de diâmetro. Fure o fundo com o garfo e leve ao forno pré-aquecido por mais ou menos 20 minutos, ou até que esteja levemente dourada. 
Creme de Pistache
  1. Enquanto a massa está assando, prepare o creme de pistache. Bata a manteiga com a pasta de pistache e o açúcar. Quando estive homogêneo, acrescente o ovo bata novamente e acrescente a farinha de amêndoas e a farinha de pistache. 
  2. Retire a massa do forno, desenforme tomando cuidado para não quebrar, e distribua o creme de pistache no fundo. Leve novamente ao forno por mais ou menos 10 minutos. A massa deve estar dourada e o creme de pistache assado, mas não pode estar muito seco. Retire do forno e deixe esfriar complemente.
Compota de Morangos
  1. Leve os morangos ao fogo médio com o suco de limão e o açúcar (1). Deixe cozinhar por mais ou menos uns 4-5 minutos. Misture a pectina com o açúcar (2). Adicione a misture à compota de morangos e retorne ao fogo por mais ou menos 1 minuto, mexendo sempre. Retire do fogo e deixe esfriar completamente. Se preferir você pode bater a compota com o mixer para deixar ela mais lisa. Eu gosto de sentir os pedacinhos de morango, então eu não fiz essa etapa.
Montagem
  1. Distribua a compota de morangos sobre o creme de pistache, desenforme o mousse e disponha no centro da torta. Decore com morangos frescos e leve à geladeira por mais ou menos uns 30 minutos. Sirva.

Variações
  • Você pode substituir o cream-cheese por mascarpone e colocar outros sabores na mousse também, baunilha, flor de laranjeira, raspas de laranja...
  • Se não encontrarem pasta de pistache, pode substituir por manteiga
  • Para a farinha de pistache, basta triturar pistaches no processador até obter uma farinha mais granulada. Se não tiver pistache de jeito nenhum, basta substituir por amêndoas.
  • Eu não usei a compota toda na torta, o que sobrou eu misturei num chantilly para rechear um rocambole 



      domingo, 19 de abril de 2020

      Noodles de Arroz com caldo Aromático de Leite de Coco, Gengibre e Capim Limão


      A chuva me acordou essa manhã. Eram por volta das 7:30 e eu podia escutar os pingos batendo na janela, a água escorrendo pela calha, o vento soprando...silêncio era tamanho na rua que eu podia também escutar os galhos da árvore a balançar. Não me levantei, fechei os olhos e ali fiquei mais um tempo. Ouvindo a chuva. 
      Olho para o lado e o Amore está num sono profundo, não quis acordar-lo, então acariciei delicadamente seu cabelo, sussurrei bom dia e desci, na ponta dos pés, para continuar a contemplar a chuva. Praliné essa hora já estava ao meu lado, minha companheirinha. Ficamos ali as duas, olhando  e escutando pela janela a água caindo do céu.  Manhãs de domingo. As melhores!

      São tempos estranhos, tantas mudanças em tão pouco tempo. Mas mesmo com tudo que anda a acontecer, eu só conseguia sentir gratidão. Gratidão por ter o Amore e Praliné ao meu lado, gratidão por estar em nossa casa, nosso porto seguro; gratidão pelos amigos, que mesmo à distância, continuam a encher meu coração de alegria. Gratidão pela minha família. Gratidão por estarmos aqui, saudáveis e juntos. Então lembrei-me de uma frase, de autoria de William Arthur Ward,  que escutei no trabalho essa semana: Feeling gratitude and not expressing it is like wrapping a present and not giving it (Sentir gratidão e não expressa-la é como embrulhar um presente e não ter a quem dar). E eu que não conheço melhor jeito de dizer o quanto me importo com as pessoas ao meu redor do que cozinhando para elas, corri para cozinha e me deixei levar pelo que eu encontrei pela frente. 

      Fiz uma sopa, bem aromática, daquelas que te abraçam e trazem uma sensação de conforto indescritível. Uma sopa que era o convite perfeito para esse dia chuvoso, uma sopa que expressaria meu amor e gratidão. E foi isso que o Amore sentiu na primeira colherada, ele me abraçou, me deu um beijo e disse "Obrigado, o almoço está maravilhoso"! Eu não precisava de mais nada, só ficar ali com ele, olhando a chuva cair pela janela e saboreando esse prato. 

      La vie est belle! :)

      Espero que vocês estejam bem!



      Tempo de preparo: 25 minutos
      Rendimento: 2 porções

      Ingredientes 

      150g de noodles de arroz (vermicelli)
      4 Cogumelos Shiitake grandes, fatiados grosseiramente 
      1 Pimenta dedo-de-moça picadinha (eu deixei as sementes, mas se você prefere pratos menos apimentados, retire as sementes)
      1 pedaço de gengibre (aproximadamente 3cm) sem casca, picadinho
      1 colher (sopa) de pasta de capim limão (ou 1 talo picadinho)
      4 dentes de alho picadinho
      1/4 colher (chá) de curry em pó
      3 colheres (sopa) de óleo de coco
      Raspas da casca de 1 limão Tahiti
      1 xícara de coentro 
      1 cebola pequena fatiada
      400g de leite de coco
      2 xícaras de caldo de legumes
      2 colheres (sopa) de molho de peixe (Omita se quiser fazer o prato vegetariano)
      2/3 xícara de tomatinhos cortados no sentido do comprimento
      Bok Choy
      Suco de 1 limão Tahiti 
      Sal à gosto

      Modo de preparo

      1. Aqueça 1 colher (sopa) de óleo de coco em uma frigideira e salteie os cogumelos em fogo alto até ficarem dourados. Tempere com sal e reserve.
      2. No pilão, ou mini processador, faça uma pasta com a pimenta, gengibre, capim limão, alho, curry e 1 colher (sopa) de óleo de coco. Acrescente o coentro e as raspas de limão e bata até obter uma pasta homogênea. Reserve.
      3. Na mesma panela que você salteou os cogumelos, aqueça 1 colher (sopa) de óleo e refogue a cebola até que fique translúcida. Acrescente a pasta aromática e deixe refogar por 1 minuto. Acrescente o leite de coco, caldo de legumes, molho de peixe e os tomatinhos. Tempere a gosto com sal (Lembre-se que o molho de peixe também contém sal, então tome cuidado para não salgar demasiadamente). Tampe e deixe apurar por uns 10 minutes.
      4. Enquanto isso cozinhe os noodles de acordo com as instruções da embalagem.
      5. Pouco antes de servir, coloque o Bok Choy no caldo e deixe cozinhar por mais 2-3 minutos. Retire do fogo, corrija o sal se necessário e acrescente o suco de limão.
      6. Distribua os noodles nos pratos que for servir, acrescente o caldo e finalize com os cogumelos e folhas de coentro.
      Sirva imediatamente.







      segunda-feira, 6 de abril de 2020

      Quiche de Pimentões Assados, Acelga e Queijo de Cabra



      É primavera! 

      É o renascimento da natureza depois de um longo e gélido inverno. É o cantar dos pássaros, são as folhas à brotarem timidamente das árvores, é o verde vivo da grama, é o sorriso de volta, são os dias mais longos. É esperança. É a vida de volta.

      E por isso eu estou confiante. Em tempos difíceis como o que estamos vivendo, tento me lembrar da primavera, tento me lembrar das folhas que são seguidas de flores e pouco depois de frutos. E isso enche minha alma de esperança, é a lembrança que o inverno sempre acaba. E esse momento vai passar!

      Espero que vocês estejam bem!




      Tempo de preparo: 20 minutos
      Tempo de forno: 1 hora
      Rendimento: 1 quiche de 24cm

      Ingredientes para massa (Pâte Brisée)

      200g de farinha de trigo (1 2/3 xícara)
      1 gema de ovo
      3/4 colher (chá) de sal
      45ml de água (3 colheres sopa)
      90g de manteiga bem gelada, cortada em cubos (6 colheres de sopa)

      Ingredientes para o recheio

      3 ovos
      250ml de creme de leite, 15% matéria gordurosa (Na falta use partes iguais de leite e creme de leite fresco)
      1 colher (chá) mostarda de Dijon
      Sal e Pimenta do Reino moída na hora
      Noz-moscada a gosto
      2 pimentões assados (eu tinha pronto, para fazer, leve ao forno 160ºC um pimentão cortado ao meio - sem sementes, asse por mais ou menos 1 hora)
      Tomatinhos assados (coloque junto com o pimentão)
      3 folhas de acelga refogada, picada
      50g de queijo de cabra cortado em rodelas grossas

      Modo de preparo

      1. Prepare a massa. Em uma bancada de granito, faça uma farofa com a farinha de trigo e a manteiga. Não manuseie muito a manteiga para não passar muito calor para a massa. A farofa deve ficar fina e você pode usar algum utensílio para ajudar no processo (um processador de alimentos por exemplo). Misture o sal na água e a gema, bata bem. Faça um buraco no meio da farofa de farinha e manteiga e acrescentes os ingredientes líquidos. Trabalhe rapidamente para incorporar tudo. Envolva em um filme plástico e leve a geladeira por pelo menos 1 hora.
      2. Enquanto isso prepare o recheio. Misture os ovos, o creme de leite, mostarda e tempere com sal, pimenta e noz moscada. Reserve.
      3. Para a montagem. Coloque a massa em uma forma de 24 cm de diâmetro, ou então 8 a 10 forminhas pequenas. Leve ao refrigerador por 30 minutos. Pré aqueça o forno a 180ºC. 
      4. Cubra a massa com papel alumínio e coloque grãos de feijão por cima. Leve ao forno por aproximadamente 12 minutos. Retire do forno, descarte os feijões e o papel. Leve ao forno novamente por mais ou menos 7 minutos. Retire do forno, disponha os vegetais, cubra com a mistura de creme de leite e ovos e distribua as rodelas de queijo de cabra por cima. 
      5. Leve ao forno até que o preparo coagule, foram aproximadamente 30 minutos, ok? Mas isso vai depender do seu forno.
      Não esqueça de acompanhar a quiche com uma taça de vinho branco. Vocês não vão se arrepender!

      Bon appétit!


      quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

      Torta Mousse de Chocolate



      Saudades daqui! Tanta coisa aconteceu nesses últimos três meses. Uma viagem inesquecível com o Amore, celebrações com amigos queridos, uma notícia ruim e uma viagem de emergência ao Brasil. Sorte a minha que sou rodeada de pessoas maravilhosas e que, mesmo nos momentos difíceis, fazem tudo parecer mais fácil!

      Mas como eu venho aqui para falar de coisas boas e para me sentir melhor, vamos deixar as notícias ruins de lado e falar do que nos deixa feliz! :) Como por exemplo o fato do meu jardim estar coberto de neve e os pinheiros parecerem ter saído de um filme de natal. Que delícia é olhar da janela e ver como o inverno pode ser belo! Gosto de sentar ao lado da janela, colocar uma música bem suave de fundo, aquecer uma cidra de maçã, "temperar" com um pauzinho de canela, acender a lareira e apreciar esses pequenos momentos que deixam a vida mais leve. O fato de andar mais introspectiva nesses últimos meses me faz buscar por esse aconchego que encontro em casa quando as temperaturas estão baixas e os dias mais curtos, a neve que para muitos é um estorvo, e que de certa forma complica um pouco o dia a dia, para mim é um dos espetáculos mais belos da natureza! Consigo encontrar tanta paz naquela imensidão branca. Sem contar que poder ver os floquinhos de neve a olho nu é uma das experiências mais gratificantes que o inverno nos traz! Eu adoro!

      Dezembro, além de ser o início do inverno, é para mim uma das épocas mais festivas do ano: Aniversário do Amore e Natal...dia 24 e 25 respectivamente! Adoro decorar a casa, planejar as comidinhas que vou fazer ao longo do mês para presentear amigos e claro, no bolo que vou preparar para comemorar mais um ano do vida do meu Amor! Então nesse espírito de comemorações, hoje a receita que trago hoje foi uma das sobremesas que fiz num dos jantares que eu ofereci a alguns amigos. Também fiz essa sobremesa no natal de 2015, e em outras ocasiões tão especiais quanto. O que faz essa sobremesa perfeita para o natal é que ela pode ser feita com antecedência e é simplesmente maravilhosa! Eu acabo fazendo uma receita inteira, mesmo que o jantar seja para apenas 4 pessoas, pois todos que já provaram, adoraram! A receita é composta de 4 preparos: 1 Camada de Brownie de Chocolate com Avelãs, 1 Camada de Creme de Chocolate Meio Amargo (Cremeux), tudo recoberto de uma Mousse de Chocolate ao Leite e finalizado com uma calda de chocolate. Apesar de estar na categoria de entremets, e ter algumas etapas, ela é super simples de fazer! Não desanime ao ler a receita, o nível de dificuldade não é alto!

      Então é isso queridos, espero trazer mais receitinhas para vocês se inspirarem para o natal! Por enquanto eu tenho um bolinho de coco no forno e um aroma maravilhoso se espalhando pela cozinha, logo mais acendo a lareira e vou curtir um pouco a companhia do Amore e da Praliné. Não poderia pedir mais nada!

      Beijos para você e bom restinho de dia!



      Tempo de preparo: 40 minutos
      Tempo de forno: Aproximadamente 15 minutos
      Tempo de descanso: 8 horas
      Rendimento: 8 porções

      Ingredientes para o Cremeux de Chocolate

      85g de creme de leite fresco, 35% 
      85g de leite integral
      2 gemas
      25g de açúcar
      110g de chocolate meio amargo, 70% cacau, picado

      Ingredientes para o brownie

      70g de açúcar cristal
      1 ovo inteiro
      60g de chocolate meio amargo, 70% cacau, picado
      55g de manteiga sem sal
      30g de farinha de trigo
      5g de cacau em pó
      Avelãs picada

      Ingredientes para a Mousse de Chocolate

      115g de leite integral
      260g de chocolate ao leite, picado
      315g de creme de leite fresco, 35%

      Ingredientes para a Calda de Chocolate

      105g de água
      200g de açúcar de confeiteiro
      200g de glicose
      135g de leite condensado
      200g de chocolate meio amargo, 70% cacau, picado
      12g de gelatina em pó
      72g de água para hidratar a gelatina


      IMPORTANTE
      • Essa torta demora 2 dias para ficar pronta, pois você precisa que todos os preparos estejam congelados para cobri-la com a calda. Para servir no sábado, eu fiz o cremeux e o brownie na quinta-feira, a mousse (Que foi congelada) e a calda (fica descansando na geladeira) na sexta-feira, e finalizei com a calda no sábado. Os preparos em si são rápidos de fazer, o que mais demora é o tempo de congelamento do cremeux e da mousse. Você também pode fazer o cremeux e mousse pela manhã e à noite fazer a mousse, mas eu não recomendo fazer tudo no mesmo dia, pois a mousse precisa estar totalmente congelada antes de cobrir com a calda.
      • Eu montei essa torta usando uma forma retangular silicone e usei outra forma menor, também retangular, para o congelamento do cremeux. O brownie eu assei em uma forma de bolo inglês e depois cortei as laterais para atingir o tamanho necessário para o meu molde. Caso você não tenha essas formas, não se preocupe, você pode fazer em formato redondo usando aros para mousse (um aro menor para o cremeux e outro maior para a mousse), ou montar tudo em um único aro. Caso opte por montar tudo em um único aro, comece o preparo pelo brownie, quando ele estiver frio, transfira para o aro. Prepare o cremeux e verta sobre o brownie, leve ao freezer até que o cremeux congele, prepare a mousse e verta sobre o cremeux e leve ao freezer novamente até que congele completamente. Desenforme e cubra com a calda. Deixe na geladeira até a hora de servir.

      Modo de preparo
      1. Comece pelo cremeux. Coloque o chocolate picado em uma tigela grande e reserve. Em outra tigela bata as gemas com o açúcar até que a misture vire um creme esbranquiçado. Leve ao fogo médio o leite e o creme de leite, quando a mistura estiver quente (não deixe ferver!), transfira aos poucos para a tigela das gemas, batendo sempre com o fouet para não cozinhar as gemas. Transfira o preparo novamente ao fogo baixo e deixe cozinhar, mas não deixe ferver, mexendo sempre até que o creme engrosse levemente atinja 85ºC. Verta a mistura quente sobre o chocolate e misture até o chocolate derreter. Transfira o preparo para o molde de silicone retangular (o meu tem 22cmx4cmx3cm) e leve ao freezer até que congele.

      2. Prepare o brownie. Pré aqueça o forno a 190 graus. Forre o fundo e as laterais de uma forma de bolo inglês (Caso faça o preparo em forma retangular) com papel manteiga. Você também pode usar uma forma anti-aderente para não grudar. Se não puder fazer nenhuma das opções, unte com manteiga e polvilhe com o cacau. Reserve. Em banho-maria, derreta o chocolate com a manteiga até ficar bem liso e homogêneo. Em outra tigela, bata o ovo com o açúcar. Acrescente aos poucos a mistura de chocolate e misture bem. Adicione a farinha e o cacau em pó peneirados. Misture para incorporar e acrescente as avelãs. Distribua a massa na forma previamente preparada e leve ao forno pré aquecido por mais ou menos 15 minutos (depende de cada forno, ok?). Para fazer o teste do palito, ele deve sair ainda um pouco úmido. Retire do forno e deixe esfriar antes de cortar nas dimensões do molde que estiver usando.

      3. Prepare a mousse. Disponha o chocolate em uma tigela grande. Bata o creme de leite em ponto chantilly e reserve no refrigerador. Leve o leite ao fogo, quando começar a levantar fervura nas laterais (não deixe ferver!), verta sobre o chocolate e deixe descansar por 2 minutos. Misture o preparo até que o chocolate esteja derretido. Quando a mistura de chocolate atingir 35ºC, incorpore delicadamente o creme de leite batido.

      4. Para a montagem. Verta metade da mousse em um molde retangular de silicone (o meu tem 25cmx9cmx7cm), espalhe bem a mousse, garantindo que as laterais do molde fiquem totalmente cobertas com o preparo. Desenforme o cremeux (que deve estar congelado) e disponha sobre a mousse, centralizando o máximo possível. Verta o restante da mousse e nivele o preparo. Disponha o brownie sobre a mousse e leve ao congelador por 1 noite ou pelo menos 6 horas. 

      5. Para a calda. Hidrate a gelatina na água e reserve. Coloque o chocolate e o leite condensado em uma tigela média e reserve. Em uma panela, leve ao fogo médio o açúcar, a glucose e a água. Quando a mistura atingir 103ºC, verta sobre o chocolate e acrescente a gelatina. Misture tudo com a ajuda de um mixer até que obtenha uma calda homogênea. Passe um plástico filme sob a calda (o plástico filme tem que estar em contato, caso contrário a calda vai criar uma película). E leve ao refrigerado por pelo menos 8 horas.

      6. Passado o tempo de descanso, leve a calda ao banho-maria até que atinja a temperatura de 33ºC a 35ºC (Não pode ser mais frio nem mais quente). Desenforme a torta e disponha sobre uma gracinha (coloque uma forma com abas mais altas por baixo). Verta a calda sobre a torta e deixe escorrer por uns 2-3 minutos. Transfira a torta para o prato que for usar para servir e decore a gosto. Eu usei granulado de chocolate, mas você pode deixar sem nenhuma outra decoração que também fica bonito! Eu também já fiz essa torta decorando com merengues de chocolate e ficou linda! Leve à geladeira por pelo menos 3 horas antes de servir.

      Eu sei que a receita é longa, mas não é difícil de fazer! Toda a espera para que ela fique pronta é muito bem recompensada! Essa é a torta que mais recebo elogios dos amigos aqui.

      Espero que gostem!
      Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...