sábado, 15 de setembro de 2018

Financiers de Amêndoas e Laranja com Chantilly de Mascarpone e Grand Marnier



Acordei com o sol no rosto. Era mais um dia de primavera como qualquer outro. A calmaria que tanto me agrada ao começar o dia estava presente. O silêncio que enche a casa é quase como uma melodia, ele me invade, me inspira. Se pudesse parava o tempo nesses momentos. É uma imersão nos meus pensamentos, a rotina que eu tanto gosto começa a tomar forma. Preparo meu café da manhã, leio um pouco, um afago na Praliné e uma xícara de chá fumegante me trazem conforto. Amore ainda dorme.   Mais uma perfeita manhã se inicia.

Essa é uma das melhores épocas do ano para mim. Os dias começam mais cedo, o sol se faz presente com mais freqüência, a natureza desperta do sono profundo. As flores que plantei no fim do inverno, mesmo ainda tímidas, começam a mostras suas cores e aromas. O jardim, que antes era indoor, começa a tomar forma e minha varanda passa a ser um dos meus cantos favoritos na casa. Então, sentada na varanda, e já na segunda xícara de chá, decido ir para cozinha e trazer um pouco dessa energia em forma de bolo. Os cítricos representam para mim algo parecido com a primavera então decidi por um bolinho de laranja, mas não qualquer um, queria um bolo úmido, aromático e de muito sabor, decidi assar um financier. Sabia que o aroma do bolinho assando acordaria o Amore e assim poderíamos aproveitar o restinho da manhã juntos. E foi o que aconteceu, 30 minutos depois estávamos os dois na varanda, um latte e mais 1 xícara de chá depois, decidimos sair para passear e aproveitar um pouco a cidade. Taí outro momento que queria congelar.

Beijos para vocês e bom domingo!



Temp de preparo: 15 minutos
Tempo de forno: 15 minutos (Depende do tamanho da forma)
Rendimento: 12 bolinhos
Receita nadica adaptada do maravilhoso Bouchon Bakery.


Ingredientes para o financier

120g de açúcar 
60g de farinha de amêndoas
40g de farinha de trigo
100g de clara de ovo
120g de manteiga sem sal
1 colher (chá) de raspas de laranja
1 colher (sopa) casquinha de laranja cristalizada

Ingredientes para o Chantilly de Mascarpone

100g de creme de leite fresco, 35% de matéria gordurosa
30g de mascarpone
1 colher (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) de Grand Marnier ou Contreau

Casquinha de laranja cristalizada e raspas de chocolate branco para decorar.

Modo de preparo

  1. Pré aqueça o forno a 230ºC. Unte com manteiga sem sal a forma desejada, eu usei uma em forma de flor, mas uma de mini-cupcakes é perfeita também. Reserve. 
  2. Misture o açúcar com a farinha de amêndoas e a farinha de trigo. Acrescente as claras de ovo e misture até que fique homogêneo. Transfira a manteiga para uma panela pequena e leve ao fogo baixo, deixe a manteiga derreter e adquirir uma coloração caramelo escuro, mas cuidado para não deixar queimar! Esse processo é necessário para termos o que chamamos de "beurre noisette". Adicione a manteiga "noisette", que deve estar ainda quente, à mistura de amêndoas e claras. Adicione as raspas de laranja e casquinha de laranja cristalizada. Misture bem e transfira para as forminhas preparadas, você pode encher até 3/4 da capacidade da forminha. 
  3. Abaixe a temperatura do forno para 180ºC e asse os financiers por mais ou menos 15 minutos, ou até que estejam dourados por fora e ainda macios por dentro. Retire do forno e deixe esfriar completamente antes de decorar com o chantilly.
  4. Para o chantilly. Bata todos os ingredientes na batedeira, com o acessório tipo globo até formar picos firmes. 
  5. Com a ajuda de um bico de confeiteiro, decore os bolinhos como chantilly e distribua as raspas de chocolate branco e a casquinha de laranja cristalizada para finalizar.
Bon Appétit!


terça-feira, 4 de setembro de 2018

Bolo de Baunilha com Calda de Coco e Chantilly de Mascarpone



Conheci a Etianne em 2016 em um encontro na casa de amigos em comum. O Amore trabalhava com o marido dela na época e era questão de tempo para nos encontrarmos. Eu tinha praticamente acabado de chegar em Toronto e as amizades que tinha até então eram frutos de encontros ainda no Brasil, ou amigo de um amigo em comum que acabamos conhecendo ao chegar aqui. Nunca pude reclamar desse ponto desde que cheguei, construímos laços muito fortes com os que aqui encontramos e sempre digo que um dos maiores presentes que ganhei, é poder desfrutar da companhia dos nossos novos e não tão novos amigos. Mas com a Eti foi meio diferente. Sabe amizade à primeira vista? Pois é, ela existe! Conosco foi assim, nos damos bem desde o primeiro contato e eu sempre soube que ela era especial. Nossa amizade, assim como a dos maridos cresceu. Em tão pouco tempo eu tinha sido presenteada com uma amizade daquelas raras, que você leva uma vida para construir, mas que aqui foi praticamente instantânea. 

Desde de então foram muitos jantares, passeios no parque, viagens, papos longos por telefone ou pessoalmente. Ela é parte da minha família canadense. E essa família têm crescido. Temos um novo integrante, o Benjamin. Pois é, a Eti teve um bebê, um lindo bebê. E num desses almoços, ainda grávida, ela e o Dani fizeram um dos convites mais incríveis que eu poderia receber. Nossos queridos amigos nos convidaram para ser padrinhos do Ben. Que responsabilidade. Que honra. Que felicidade! Chorei de emoção, é claro. Mas sorri muito, como sorri. Foi um dia muito especial e vou sempre guardar a lembrança daquela tarde fria de inverno. 
Alguns meses depois o Ben chegou, mais precisamente dia 03 de maio. Ele veio lindo, forte e trouxe muito amor com ele. Me emocionei ao ver minha amiga se tornar mãe, me emocionei ao segura-lo pela primeira vez. Nossa família canadense aumentou e não poderíamos estar mais felizes! Aquele bebezinho mesmo acabando de chegar já tinha enchido meu coração de amor por ele!

No seu primeiro mês de vida não nos encontramos muito. Foi um período de muitas adaptações para a Eti e para o Ben também. Não tenho filhos, mas imagino como deve ser essa primeira fase. A descoberta, os acertos, os erros, as noites mal dormidas, o amor que cresce a cada dia entre mãe e filho. Mas no dia em que ele comemorou seu primeiro mês, fomos visita-los. Levei bolo, um pequeno mimo representando o quanto estávamos felizes em poder compartilhar esse momento com nossos amigos queridos. Nada como poder agradar a quem a gente ama com um pedaço de bolo feito com carinho. O bolo foi um sucesso. Mas o que ficou daquele dia foi a gratidão de poder fazer parte dessa estória, de poder estar aqui e ver o Ben crescer e trazer alegrias para nós! 
Espero poder fazer o bolo de todos os seus aniversários e estar ao lado dele, deles, sempre! 

Amo vocês, Eti, Ben e Dani!



Tempo de preparo: 20 minutos
Tempo de forno: Mais ou menos 25 minutos
Rendimento: 1 bolo de 23 cm

Ingredientes para a massa do bolo (Gateau Génoise)

4 ovos
120g de açúcar
120g de farinha de trigo peneirada
1/2 fava de baunilha ou 1 colher (chá) de pasta de baunilha

Ingredientes para a calda

150g de leite condensado
150ml de leite de coco integral
100ml de leite integral

Ingredientes para o Chantilly

200g de creme de leite fresco, 35% de matéria gordurosa
100g de mascarpone
2 colheres (sopa) de açúcar
1/2 fava de baunilha ou 1 colher (chá) de pasta de baunilha

Frutas vermelhas para decorar


Modo de preparo

  1. Pré aqueça o forno a 180ºC. Unte com manteiga e enfarinhe uma forma redonda de mais ou menos 23-25cm. Reserve.
  2. Misture os ovos com o açúcar e a baunilha em uma tigela de inox, de preferência a da batedeira, e leve ao banho-maria, batendo sempre com a ajuda de um fouet. Quando o preparo atingir 40ºC, transfira o preparo para a batedeira, e com o acessório tipo globo, bata o preparo em velocidade média até que dobre de volume. Retire da batedeira e incorpore a farinha de trigo peneirada delicadamente, tomando cuidado para não perder o volume e ar que foi incorporado aos ovos. 
  3. Transfira a massa para a forma preparada e leve ao forno pré aquecido por mais ou menos 25 minutos ou até que ao fazer o teste do palito, o mesma saia seco. Retire do forno, espere 5 minutos e então desenforme. Deixe esfriar sobre uma grade e então transfira para o prato de serviço.
  4. Para a calda. Misture bem todos os ingredientes e molhe o bolo. Leve o bolo ao refrigerador enquanto o chantilly é preparado.
  5. Para o chantilly. Bata todos os ingredientes na batedeira, com o acessório tipo globo até formar picos firmes. 
  6. Retire o bolo da geladeira, cubra com o chantilly e decore com as frutas. Retorne à geladeira até a hora de servir.
Bon appétit!






domingo, 4 de fevereiro de 2018

Tartine de Salmão Defumado, Abacate e Ovo Poché



Já ouvi inúmeras vezes que aqui em casa provavelmente tem comida boa todo dia. Que cozinho pratos elaborados diariamente e que sempre fechamos a refeição com uma bela sobremesa. Pois bem, a realidade é um pouco diferente, são inúmeras as vezes que acordo sem nenhuma inspiração - ou vontade - de ir para a cozinha e preparar algo. As vezes pior, a geladeira não está abastecida, a despensa vazia e para completar, estou sem vontade de sair para comprar qualquer coisa no supermercado. É verdade meus amigos, tem dias que me dedico horas para preparar um prato e tem dias que não tenho vontade de fritar um ovo...o que imagino ser perfeitamente aceitável, não acham?

Então, dia desses tinha pouco tempo e pouca disposição para fazer meu almoço, a geladeira também não colaborou muito e, dos poucos ingredientes que estavam disponíveis, vi uma bandeja de salmão defumado e não tive dúvida, faria um sanduíche rápido e pronto, isso seria meu almoço. Mas ao tirar o salmão da geladeira, eu vi dois avocados de bobeira na fruteira foi imediato, pensei em fazer um sanduíche aberto...mas eu queria elevar o prato com algo mais, e foi inevitável pensar em incluir o ovo nessa brincadeira. Foi então que a inspiração veio. Assim, sem muita pretensão, sabia que esse seria um prato promissor. E foi! Em 15 minutos estava servido o meu almoço e não poderia ser melhor para aquele dia. Salmão, abacate e ovo é definitivamente uma combinação que funciona muito bem para meu paladar e, apesar de todos os itens terem um teor alto de gordura - boa gordura, acho que os ingredientes se completam muito bem, obrigada! 
Para balancear um pouco dessa gordura, cobri com uma saladinha bem refrescante de salsinha e limão siciliano e para dar um "je ne sais quoi", finalizei com Sriracha. 

Enfim, mesmo com pouco ingredientes, eu tive um almoço perfeito! Por que no fim das contas, comida boa é comida bem feita...não precisa ter muito ingredientes e muitas técnicas, precisar ser gostosa e pronto! :)

Beijos para vocês e boa semana!



Tempo de preparo: 15 minutos
Rendimento: 2 porções

Ingredientes

2 fatias de pão italiano - prefira integral ou multi-grãos
Azeite de oliva
4 fatias de salmão defumado
2 avocados 
Suco de 1 limão Tahiti
2 ovos
1 colher (sopa) de vinagre de vinho branco
1 punhado de salsinha fresca
Raspas de 1 limão siciliano
1 colher (sopa) de suco de limão siciliano
Molho Sriracha 
Sal e pimenta à gosto

Modo de preparo

  1. Corte o abacate em pequenos cubos e amasse ligeiramente, deixando alguns pedaços inteiros. Acrescente o suco de limão e tempere com sal e pimenta. Reserve.
  2. Misture as folhas de salsinha com o suco e raspas de limão, um pouco de azeite e tempere com sal e pimenta. Reserve
  3. Para o ovo poché, leve uma panela de fundo grosso (de preferência triplo) com água. Quando estiver quente, mas sem ferver, adicione o vinagre. Quebre o ovo em uma tigela pequena. Com uma colher faça voltas na água (como se fosse um redemoinho) e quando quase parar de mexer coloque o ovo com cuidado no centro. Com a ajuda de uma colher envolva a clara sobre a gema, mas tome cuidado para não quebrar o ovo, ok? Deixe cozinhar por 4 a 5 minutos (para a gema mole, como da foto), ou um pouco mais se quiser a gema dura. Retire o ovo com cuidado e coloque imediatamente em uma tigela com água fria salgada.
  4. Aqueça uma frigideira em fogo médio-alto, pincele as fatias de pão com o azeite e coloque sobre a frigideira. Deixe tostar dos dois lados, mas cuidado para não deixar o pão tostar muito. Ele precisa ficar fofo no centro.
  5. Distribua o abacate sobre o pão, acomode as fatias de salmão defumado, coloque o ovo poché por cima e finalize com a salada de salsinha e o molho sriracha. Sirva imediatamente.
Bon appétit!


terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Torta aos 2 Limões


De tempos em tempos, eu gosto de ficar sozinha, gosto de ter meu espaço, aquele lugar só meu. Gosto de colocar meus pensamentos em ordem, curtir o meu silêncio...desconectar. 
Quando esses momentos chegam, eu saio para correr, as vezes caminhar. Sem destino, sem planejamento. Gosto dessa espontaneidade e do que encontro por essas andanças. Descubro pedaços da cidade até então desconhecidos, paisagens, natureza...mas acima de tudo, me reconecto comigo mesma.

Mas por favor, não me interpretem mal. Adoro a companhia dos outros, principalmente do meu Amore e da Praliné. Dos amigos. Adoro estar com eles e dividir os momentos da vida. Mas, ocasionalmente, eu preciso desses momentos de "fuga".
Tive um desses momentos antes de preparar essa torta. Era sábado e o dia estava claro e azul. Acordei cedo, como de costume, e decidi que sairia para tomar café da manhã na rua. O Amore estava com preguiça de levantar cedo, então resolvi ir sozinha...por que não? Eu adoro minha companhia também! 
Pois bem, fui. Saí sem rumo, quando encontrasse um café que me agradasse, eu entraria. 
E foi assim, 1,5km  depois, estava em frente à esse café francês, pequeno e charmoso, exatamente o que eu precisava. Uma xícara e chá e um croissant, uma combinação perfeita para o inicio de fim de semana, não é mesmo? E foi, foi perfeita para mim! Curtir meu "espaço", minha companhia, coloquei os pensamentos no lugar e fiz planos. Planos que incluíam essa torta de limão. Queria fazer algo para presentear uma amiga querida e esse café charmoso, que me fez tão bem, foi fonte de inspiração para essa receita...aveludada, delicada e elegante, como uma bela torta de limão deve ser. Usei dois limões diferentes para trazer um "punch" a mais no sabor, a ganache montée de chocolate branco trouxe um pouco de dulçor e textura. Foi uma combinação perfeita, assim como uma xícara de chá e um croissant juntos, assim como um sábado de manhã e uma caminhada longa. 

E como cozinhar para mim, sempre traduz em agradar a quem amo, agradei essa amiga querida e no dia seguinte saí para tomar café da manhã e fazer outra caminhada, mas dessa vez um pouco diferente, com meu Amore. Pois sim, meus dias introspectivos são minoria, comparados aos que quero dividir  com ele!

Beijos para vocês!




Tempo de preparo: 40 minutos
Tempo de descanso da massa: Pelo menos 2 horas
Tempo de descanso do cremeux de limão: 1 noite
Tempo de descanso da ganache montée: 1 noite
Rendimento: 1 torta de mais ou menos 20cm (eu fiz uma de 15cm e 4 mini tartelettes)

Ingredientes

Cremeux de limão siciliano - Receita do Philippi Conticini 

1,5g de gelatina em pó incolor
9g de água (para hidratação da gelatina)
50g de açúcar refinado (1)
75g de suco de limão siciliano
50g de açúcar refinado (2)
125g de ovos, ligeiramente batidos
64g de manteiga levemente gelada

Cremeux de limão Tahiti - Receita do Christophe Michalak

1g de gelatina em pó sem sabor
6g de água (para hidratar a gelatina)
125g de suco de limão Tahiti
Raspas da casca de 3 limões Tahiti
45g de açúcar refinado (1)
100g de ovos, ligeiramente batidos
45g de açúcar refinado (2)
110g de manteiga sem sal bem gelada, cortada em cubinho (Vocês podem deixar por 15 minutos no congelador)

Ganache Montée de chocolate branco

2g de gelatina em pó sem sabor
11g de água (para hidratar a gelatina)
250g de creme de leite fresco 35%
56g de chocolate branco de boa qualidade (Eu usei Ivoire, da Valhrona)
1 fava de baunilha

Pâté Sucrée - Receita do Pierre Hermé 

140g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
2g de sal
75g de açúcar de confeiteiro
1 fava de baunilha
25g de farinha de amêndoas
1 ovo, em temperatura ambiente
250g de farinha de trigo

50g de chocolate branco derretido para finalizar
Framboesas frescas para decorar
Raspas de limão para decorar

Modo de preparo
  1. Para o cremeux de limão Tahiti. Hidrate a gelatina na água e reserve. Em uma panela, leve ao fogo baixo o açúcar (1), as raspas e o suco de limão. Não deixe ferver. 
  2. Em um bowl, bata os ovos com o açúcar (2) até que o açúcar dissolva. Acrescente a mistura de suco de limão, que ainda deve estar quente, aos poucos batendo enquanto adiciona o líquido para não cozinhar os ovos. Devolva a mistura à panela e deixar ferver, mexendo sempre, por mais ou menos 2 minutos. Retire do forno, adicione a gelatina e mexa até que ela se dissolva. Com a ajuda de um mixer de mão, misture o preparo e vá adicionando a manteiga em cubinhos, que deve estar bem gelada, aos poucos, tomando cuidado para acrescentar a próximo cubo de manteiga, apenas quando o anterior estiver completamente incorporado. Se não tiver mixer, faça essa etapa com a ajuda de um fouet. 
  3. Transfira o preparo para um saco de confeitar, munido com o bico perlê e reserve na geladeira por uma noite.
  4. Para o creme de limão siciliano. Hidrate a gelatina na água e reserve. Em uma panela, leve ao fogo baixo o açúcar (1), as raspas e o suco de limão. Não deixe ferver. 
  5. Em um bowl, bata os ovos com o açúcar (2) até que o açúcar dissolva. Acrescente a mistura de suco de limão, que ainda deve estar quente, aos poucos batendo enquanto adiciona o líquido para não cozinhar os ovos. Devolva a mistura à panela e deixar ferver, mexendo sempre, por mais ou menos 2 minutos. Retire do forno, adicione a gelatina e mexa até que ela se dissolva, acrescente a manteiga e misture, com a ajuda de um mixer, até que o preparo fique bem homogêneo. Se não tiver mixer, faça essa etapa com a ajuda de um fouet. Cubra com um filme plástico, rente ao creme para que não forme uma película, leve ao refrigero até que esteja firme, eu fiz de um dia para o outro.
  6. Para a ganache montée. Hidrate a gelatina em água e reserve. Coloque o chocolate em um bowl de vidro. Abra a fava de baunilha, retire as sementes e misture com 100g do creme de leite. Leve esse preparo ao fogo médio até que levante fervura. Quando ferver, acrescente a gelatina e despeje sobre o chocolate me 3 adições, misturando bem para que o chocolate dissolva. Adicione o restante do creme e misture bem. Leve ao refrigerador por uma noite.
  7. Para a massa (pâte sucrée), leve a batedeira a manteiga em temperatura ambiente, o açúcar, o sal, a farinha de amêndoas e a fava de baunilha. Bata com o auxilio do batedor em forma de folha por mais ou menos 2 minutos. Acrescente o ovo, bata rapidamente para incorporar e então acrescente a farinha. Bata apenas até que a farinha incorpore, não bata muito, você não pode desenvolver o glúten da massa. Forme um disco de massa e cubra com papel filme. Leve a geladeira por pelo menos 2 horas, o ideal é uma noite.
  8. Depois do período de descanso, abra a massa e cubra o fundo e as laterais de uma forma com fundo removível. Fure o fundo com a ajuda de um garfo e retorne à geladeira por pelo menos 15 minutos.
  9. Pré aqueça o forno a 180ºC. Cubra a massa com papel alumínio e coloque um peso sobre ele (Grão de feijão, grão de bico, cerâmica própria para esse uso, etc) a fim de evitar que a massa crie bolhas no fundo e cozinhe por igual. Leve ao forno e asse por mais ou menos 8 a 10 minutos. Retire o papel alumínio e o peso, leve novamente ao forno por aproximadamente 15 minutos, ou até que fique dourada, tanto no fundo quanto nas laterais. Isso vai depender do seu forno Deixe esfriar. 
Para a montagem:

  1. Bata a ganache montée até obter o ponto de chantilly firme. Transfira para um saco de confeitar, munido com o bico pitanga. 
  2. Derreta o chocolate branco e pincele o fundo e as laterais da torta. 
  3. Distribua o creme de limão siciliano no fundo da torta. Distribua o creme de limão Tahiti com o bico de confeitar e faça o mesmo processo com a ganache montée de forma a intercalar os dois preparos, assim cada fatia da torta terá todos os sabores. 
  4. Decore com as framboesas frescas e as raspas de limão.
Bon appétit!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...