quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Brioche


Certa vez encontrei uma senhora em uma das padarias que frequento aqui em Brasília e ela comentou que o melhor pão é aquele que nós mesmos amassamos. Fiquei com aquilo na cabeça. Eu gosto de fazer pão, meus pães sempre ficam bons...mas acho tão mais prático comprá-los prontos, e principalmente por que nessa mesma padaria encontro toda a variedade que eu gosto, então acabo cedendo aos encantos da praticidade e quase nunca faço o meu pão.

Quase nunca. Foi então que durante o carnaval eu queria um pouco mais de energia em casa e fui lá fazer um brioche. Normal até então. Mas logo antes de colocar as formas com o pão para assar bateu uma sensação tão boa, uma sensação de prazer, de dever cumprido, sabe? Quando o pão saiu do forno eu suspirei, acho que nunca tinha ficado tão orgulhosa ali na minha cozinha, quer dizer, quando fiz os macarons foi um pouco mais forte...mas ok, o que quero dizer é que esse pão fez o meu dia ser muito melhor, me trouxe uma sensação de satisfação única...

Bom, e para completar tudo e deixar o meu dia perfeito, o pão ficou delicioso! Macio, amanteigado e delicado, como um bom brioche deve ser. E novamente voltei a questionar os meus hábitos e a pensar naquela senhora e toda sua sabedoria...ela definitivamente estava certa. Esse foi o melhor brioche que já comi!. Pode até ser que pelo fator emocional...mas em absoluto, seu sabor me conquistou.

By the way...gostaram da roupa nova do blog? Eu adorei! Trabalho da artista super talentosa Alice Gussoni.

Beijos para vocês e boa quinta-feira!


Tempo de preparo: 30 Minutos
Tempo de descanso: Ao total 3 1/2 horas 
Rendimento: 2 Brioches como o da foto
Fonte: Da sempre perfeita, Laura Calder

Ingredientes

30g de fermento biológico fresco
6 colheres (sopa) de água morna ou leite morno
2 colheres (sopa) de açúcar

1 e 1/2 colher (chá) de sal
4 xícaras de farinha de trigo
6 ovos inteiros
3/4 xícara de manteiga sem sal em temperatura ambiente

Para pincelar

1 gema
1 colher (sopa) de leite

Modo de preparo

1. Dissolva o fermento na água morna (ou leite morno), acrescente o açúcar e 1/2 xícara de farinha de trigo. Misture bem. Cubra a tigela com um pano e deixe descansar por pelo menos 1 hora.

2. Passado o tempo do primeiro descanso, podemos fazer a massa. Como é uma massa mais pegajosa, eu preferi usar a batedeira para fazer, mas é perfeitamente possível fazer a mão, ok? Misture o restante da farinha com o sal, ligue a batedeira, usando o acessório de gancho e acrescente os ovos e a massa pré fermentada (Se for fazer a mão, faça um buraco no centro da farinha e coloque os ovos e a massa pré fermentada). Bata em velocidade mínima por mais um menos uns 15 minutos. É uma massa muito pegajosa, então não espere que ela forme uma bola mais seca, ok?

3. Retire da batedeira, polvilhe uma superfície com bastante farinha e trabalhe a massa com cuidado. Essa parte é um tanto trabalhosa por conta da consistência da massa, mas não desista. Trabalhe a massa por uns 10 minutos e acrescente a manteiga. 
Nesse momento você vai pensar que a massa desandou e vai querer colocar mais farinha. Mas não coloque, ok? É importante colocar a manteiga só nesse momento pois caso contrário ela pode atrapalhar o desenvolvimento do glúten. Sove a massa até que a manteiga seja bem incorporada, isso vai levar uns 5 a 10 minutos.

4. Polvilhe uma tigela com farinha de trigo e coloque a massa. Cubra com um pano e deixe descansar até dobrar de volume, aproximadamente 1 hora e meia.

5. Unte com manteiga e polvilhe com farinha duas formas de pão. Reserve, Passado o período do segundo descanso, retire todo o ar da massa e divida em 6 partes iguais. Faça cordões do mesmo tamanho e modele 2 tranças. Transfira cada trança para as formas preparadas, cubra novamente e deixe descansar por mais 1 hora.

6. Enquanto isso, pré aqueça o forno a 220 graus. Quando a massa estiver descansado, pincele com a mistura de gema e leite e leve ao forno pré aquecido por mais ou menos 40 minuto, ou até que esteja completamente assado. Retire do forno e deixe esfriar um pouco antes de cortar.

Dica: Você pode congelar o pão pronto por até 3 meses.





41 comentários :

  1. Ficou uma delicia esse pãozinho Stefânia, doi só olhar e nem poder provar um pedacinho desse brioche

    beijos e tenha um bom dia!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Mariana,
      Tudo bem?

      Ficou bem bonito, né? Eu realmente fiquei orgulhosa.

      Beijos para você e obrigada por passar aqui.

      Excluir
  2. Amo pão, fiquei com vontade de provar um pedacinho deste brioche que está me parecendo delicioso.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Érica,

      Ele ficou muito bom mesmo! A grande vantagem é que não é tão complicado de fazer e compensa qualquer esforço.

      Beijos!

      Excluir
  3. Stêfania, amei o seu brioche!! Vou tentar fazer a receita. Espero que fique tão lindo como o seu...e o mais importante: saboroso.
    Tem sorteio lá no meu blog, ficarei feliz com sua visita.
    Grande abraço
    Lella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Leila,
      Tudo bem?

      Quando fizer vem aqui e conta como ficou, tá? Essa receita é ótima!

      Beijos para você!

      Excluir
  4. Stef, só tenho uma coisa a dizer: SENSACIONAL! Nunca me aventurei a fazer pão em casa justamente pelo trabalho e sujeira, mas não tenho dúvidas que deve ficar muito melhor mesmo. Esse post serviu para me encorajar ainda mais a tentar rs. Obrigada!
    Beijos, Cecilia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Cecília, que coisa boa, viu? Se serviu para encorajar você já me sinto honrada!

      Toda vez que faço pão eu penso que deveria fazer sempre, sabe? Mas dessa vez foi diferente, realmente fiquei feliz!

      Beijos!

      Excluir
  5. Stef, o novo visula do blog ficou lindo demais! Muito simpático e convidativo, parabéns pelo bom gosto!
    E esse brioche, hein? Que fofinho!!! Parece delicioso!
    Beijos,
    Heide

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Heide!

      Ahhh, que bom que você gostou do layout novo! Me lembra uma confeitaria que ainda vou ter, sabe? rsrsrs

      Os brioches realmente ficaram bem fofos, adorei fazer essa receita!

      Beijos e obrigada pelas dicas da pousada!

      Excluir
  6. Stefânia, a cara nova do blog está um LUXO! Amei!
    E o seu brioche divino! Fico na torcida para que você se anime mais vezes para fazer seus próprios pães, pois assim teremos receitas deles por aqui! :)
    Bjos
    Tania

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Tânia, tudo bem Querida?

      Eu também estou querendo fazer mais vezes, sabe? Tomara que o espírito continue!

      Beijos!

      Excluir
  7. Um luxo seu pão! Como eu também quase não faço pão em casa fico rindo à toa quando um pãozinho meu sai do forno... hehehe
    Também adorei o novo cabeçalho, bem delicado.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Andréa!

      Dá um super orgulho, né? Precisa ver a moça aqui pulando na cozinha quando tudo fica assim...rsrsr...só cozinheira entende, né?

      Beijos querida!

      Excluir
  8. Que receita ótima!Ficou lindo! Será que se fizer em porções menores fica fofo também? Obrigada pela receita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda!

      Então, fica super fofo em porção menores sim! Você pode fazer umas bolinhas maiores e depois outras menores e arrumar em forminhas pequenas...fica um charme!

      Beijos!

      Excluir
  9. Sabe que eu sinto o mesmo. Eu não gosto da ideia de fazer pão, pelo tempo, sujeira, esforço, mas quando estou ali literalmente com a mão na massa e depois provo o pão saindo do forno dá essa sensação boa de dever cumprido.
    Tenho muita vontade de preparar brioches, mas as quantidades de manteigas das receitas que tenho sempre assustam. Achei essa receita tão razoável na manteiga, gostei :)
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tati, tudo bem com você?

      Pois é, eu sempre penso duas vezes quando analiso tudo isso...mas dessa vez deu tanto orgulho que eu quero repetir a dose com mais frequência...rsrs

      Então, essa receita também me agradou por que leva pouca manteiga e mesmo assim não deixa de ficar com aquele gostinho característico do brioche. Espero que você goste!

      Beijos!

      Excluir
  10. Que maravilha de brioche!
    Vou levar a receita comigo!
    Beijinhos grandes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cinha!

      Você vai adorar essa receita, além de prática é muito gostosa também!

      Beijos!

      Excluir
  11. Que maravilha de brioche! Adorei a roupa nova :)
    Um beijinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Ginja!

      Que bom que você gostou do novo visual do blog! Eu adoro mudar uma vez ou outra, mas esse ficou tão lindo que nunca mais vai sair daí!

      Beijos Querida!

      Excluir
  12. Tão fofo que ficou! Ia todo num instante ;)

    ResponderExcluir
  13. Queridex,

    Ficou mto linda sua casinha nova, achei super delicado, sofisticado e aconchegante, como vc, baby! Adorei, parabéns pelo excelente bom gosto.

    beijos,

    Queridex Sato

    ResponderExcluir
  14. Querida, fazer pão para mim é quase que uma reza, uma devoção. Coloco tanta energia, tanta intenção que o aroma pela casa por si só já é uma recompensa. Não faço mais por um único e simples motivo: por sair tão mais gostoso, acabo comendo mais (leia-se também mais da conta...rsrs). De resto, é puro prazer!

    Nunda fiz brioche e já anotei para fazer essa sua maravilha nesse finde, se tudo correr bem. Está tão lindo Stef, fez bem em ficar orgulhosa dele.

    A Alice é uma fofa e super talentosa, a ilustração dela está linda, adorei! Parabéns a vcs duas e um beijão!

    ResponderExcluir
  15. Olá Stef!!!Eu tinha mais preguiça de fazer pão em casa, depois que ganhei a panificadora,faço sempre, e acho q fica bem melhor que muitos comprados prontos, e lembra mais os pães caseiros que comia nas casas das minhas avós... Esse brioche parece um espetáculo, fiquei tentada a tentar qualquer dia desses...dá p/ quase sentir o cheirinho saindo do forno...

    ResponderExcluir
  16. Stefânia, da sua cozinha só surgem receitas maravilhosas...esse brioche está mesmo de se orgulhar,lindo, lindo!
    E que tbm está delicioso, não duvido nem um pouco!Nesse momento estou assando um pão estilo rústico ou artesanal, vamos esperar para ver se fica bom, estou levando sua receita,pois vou fazê-lo com certeza!
    Bj...

    ResponderExcluir
  17. Esqueci de mencionar a nova roupagem do blog...ficou muito graciosa, adorei!

    ResponderExcluir
  18. Stefânia, entendo perfeitamente o sentimento que nos envolve qdo fazemos pães. Parabéns pelo brioche, vou experimentar....uma tentação...
    Adorei tb a novidade do blog, lindo e mais inspirador ainda...parabéns querida.
    Beijos.
    Sandra

    ResponderExcluir
  19. Oi Stef!

    Que lindo o novo layout! Delicado igual à dona! Essa será a "cara" da sua futura confeitaria? Espero que sim!!!
    Bom, eu amo fazer e comer pão caseiro! Não penso na sujeira, mas sim no perfume. Adoro! Vira e mexe faço um pãozinho, mas infelizmente estou sem tempo e tenho cogitado a possibilidade de comprar uma máquina de pão, pelo menos se eu (quer dizer,a máquina) fizer, não será 100% industrializado.
    O seu brioche ficou um arraso! Que textura, menina!!! Ai que vontade que dá...rsrs

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  20. Brioche é uma tentação! Fazer pão em casa é realmente uma terapia. Aquele cheirinho vindo do forno é inigualável. E seu novo layout ficou lindão :)

    ResponderExcluir
  21. Brioche é o pão que eu mais gosto. Aquela textura de algodão que derrete na boca hummmmm

    ResponderExcluir
  22. Stef, estou com uma receita de brioche rolando pela minha cozinha faz tempo, ainda não criei coragem de fazer! Mas depois do seu post, não tenho mais desculpas!!! Essa semana sai do papel!!! beijos

    ResponderExcluir
  23. Stef, adoro seu blog!! Será que dá pra fazer com fermento seco pra pão ou tem mesmo que ser o fresco? Se sim qual a quantidade de seco equivale?
    bjinss S2

    ResponderExcluir
  24. OI Josi!

    Obrigada pelo comentário Querida, fico muito feliz em saber que você gosta do blog.

    Você pode usar tranquilamente o fermento seco para pão, é só usar a seguinte equivalência: Para cada 15g de fermento fresco, use 5g de fermento seco. No caso da receita do brioche, é só usar 10g de fermento seco ao invés do fermento fresco...dá mais ou menos 1 colher de sopa, ok?

    Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Oi Stef por me responder. Vou fazer hoje. Nunca deixe de fazer esse blog porque você nos inspira a fazer tudo com mais amor e carinho. :)

    ResponderExcluir
  26. Stefânia, fiz sua receita de brioche e o resultado foi perfeito...amei!Obrigada por detalhar as explicações!Postei no blog com o devido crédito, ok!
    Bj,

    ResponderExcluir
  27. Olha, fiz esse seu pao e ficou divino. Nos deliciamos. Obrigadao por dividir conosco essa receita tao maravilhosa. Bj

    ResponderExcluir
  28. Olá Stefânia, fiz a sua receita e ficou ótima, exceto pelo fato de que ficou com muito gosto de fermento...será que eu fiz alguma coisa errada? Se eu diminuir a quantidade de fermento ele não vai ficar tão fofinho né? Obrigada. Beijo.

    ResponderExcluir
  29. Olá Stefânia, eu adooooro o seu blog!!!Sou blogueira e tbm faço gastronomia!!!rs Não paro de pensar em comida..acho que sabe do que estou falando neh..rs
    Bom..acabei de fazer o BRIOCHE..e neste momento a casa está perfumadíssima!!amei!!!a aparência está ótima..e as lombriguinhas estão eufóricas!!!Obrigada..bjos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...